Como Foi o Evento de Lançamento da Segunda Edição do IOEB

05 de Dezembro de 2017 | Notícias

Na manhã desta quinta-feira (7) o Centro de Liderança Pública (CLP) apresentou no Campus São Paulo o evento Desafios Compartilhados da Educação Brasileira, que contou com o lançamento da segunda edição do Índice Brasileiro de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), um estudo com casos de sucesso e a apresentação de uma websérie discutindo o índice.

 

Rodrigo Pimentel, head do Google Brasil, abriu o evento falando sobre inovação na sala de aula e a importância de encontrar soluções pensadas em conjunto com as pessoas que mais são impactadas: os professores e alunos. O que o Google destaca é que as escolas brasileiras não só precisam, como também querem inovação, mas ainda não sabe como cria-las. Nesse contexto, utilizar métricas como as fornecidas pelo IOEB é uma forma importante de entender a realidade da educação para encontrar soluções.

Depois foi a vez de Reynaldo Fernandes, ex-presidente do INEP, um dos criadores do índice e também responsável pelo IDEB, apresentar o que é o IOEB enfatizando os benefícios que ele traz para os municípios. O discurso foi seguido pela apresentação do estudo Desafios Compartilhados da Educação Brasileira pela Fabiana de Felicio da consultoria METAS Sociais, realizadora do IOEB. Ela discutiu as práticas comuns identificadas em 27 municípios de destaque entre os 100 primeiros colocados do IOEB 2017, com o objetivo de inspirar outros gestores. O quadro foi encerrado com uma discussão moderada por Roberta Nastari, da Fundação Lemann, destacando a cooperação entre os municípios ainda é pouco explorada de acordo com os dados levantados, e pode ser uma oportunidade para melhorar o acesso à educação.

A discussão do IOEB também virou uma websérie criada pela plataforma Um Brasil, que teve seu trailer apresentado no evento, convidando os participantes a acompanharem a série de entrevistas com especialistas e representantes de institutos que apoiaram o desenvolvimento do índice.

O destaque foi do painel “Práticas para solucionar desafios da educação”, que incluiu a experiência de Herbert Lima, Secretário da Educação de Sobral, município que é mais uma vez primeiro colocado no IOEB, além de Raquel Teixeira, Secretária da Educação de Goiás, e Guilherme Lacerda, Secretário Executivo do Movimento Colabora. Raquel revelou os desafios que o estado enfrenta no planejamento com os municípios e a identificação dos principais gargalos que precisam ser enfrentados.

Levantando o caso de sucesso de Sobral, Herbert Lima apresentou a jornada de 20 anos do município e do estado do Ceará para melhorar a educação básica a partir de medidas como a alfabetização, tanto na idade correta quanto dos alunos defasados, além do fortalecimento da gestão escolar, da ação pedagógica e da valorização dos professores. O painel foi finalizado pela apresentação do Movimento Colabora, que reúne 8 instituições que buscam soluções de colaboração entre municípios para melhorar a educação.

 

Fechando o evento, Guilherme Soares, do ELO GROUP, apresentou o toolkit do IOEB, uma ferramenta que ajuda os municípios a encontrarem os dados necessários para a definição de políticas públicas de educação. Com base nos dados fornecidos, os gestores podem identificar casos de sucesso como inspiração, além de oportunidades de melhoria dentro da realidade local. Luana Tavares, diretora executiva do Centro de Liderança Pública (CLP), concluiu a apresentação lembrando a importância de tornar o IOEB uma métrica de direcionamento de políticas, e a necessidade de criar políticas de caráter intergovernamental.