TEMAS
IOEB - Índice de Oportunidades da Educação Brasileira
  • Realização


  • Pesquisa Técnica


  • Apoio


  • Apoio Institucional


O que é o Estudo

Este estudo está baseado em 27 entrevistas realizadas com Secretários Municipais de Educação de municípios que estão entre os 100 melhores IOEBs do país. O objetivo principal é apresentar práticas utilizadas nos municípios que têm tido sucesso em oferecer oportunidades educacionais com a intenção que sejam inspirações para outros gestores educacionais na abordagem das questões que enfrentam em seus territórios.

A Metodologia

Os benefícios do compartilhamento de boas práticas e a vantagem de se conhecer mais que uma prática para abordar cada tema motivaram este estudo e justificaram a metodologia adotada: entrevistar uma grande quantidade de gestores de redes municipais de educação, que estão entre as melhores no ranking do IOEB, conhecendo as práticas adotadas em diferentes tamanhos e localização de municípios, nos diversos temas relacionados à gestão educacional para, com isso, ajudar no compartilhamento de experiências e apresentar uma variedade de abordagens possíveis, quando elas existirem.

Para coleta dos dados foi utilizada a metodologia de entrevistas com Secretários de Educação de municípios entre as melhores oportunidades educacionais do país. Adicionalmente, foram entrevistados alguns gestores educacionais de municípios que estão colocados entre os últimos no ranking IOEB 2017 com o objetivo de saber se as práticas comuns entre os municípios com melhores oportunidades também acontecem com frequência entre aqueles com piores oportunidades. Esses casos não serão compartilhados, mas são importantes para desconsiderar tais práticas do estudo já que não seriam relevantes como boas referências e inspirações a serem compartilhadas.

Temas

Conclusão

O resultado do estudo, que entrevistou 27 municípios entre os melhores colocados no IOEB e 4 municípios entre os últimos colocados, é um conjunto de diversas práticas que, se bem implantadas e monitoradas devem gerar efeitos importantes. Destacam-se três características entre elas:

     • Ações preventivas, substituindo as paliativas, muitas medidas são tomadas para evitar que problemas comuns nas escolas;
     • Práticas integradas que podem ser exemplificada pelos planos de ação das escolas ou pela formação dos professores, que são adaptados a depender dos resultados das avaliações e;
     • Equilíbrio entre autonomia das escolas e centralização da gestão na Secretaria de Educação.

Ressalte-se que essas três características são muito importantes de serem observadas na implantação de políticas inspiradas nas experiências compartilhadas pelos gestores entrevistados. Também é importante conhecer alguns casos que aplicam tais medidas e assim, suas possíveis variações, outras práticas relacionadas e resultados esperados. Muitas dessas informações podem ser obtidas a partir da leitura do caso relacionado à prática em questão, apresentado na Parte II do relatório.

AGRADECIMENTOS